Mia Couto: ‘Sertão’, de Guimarães, é a savana africana

Mia Couto, ao responder sobre os escritores brasileiros que influenciaram a sua obra, afirma que os poetas que mais o marcaram foram os brasileiros. Cita “Grande Sertão – Veredas” (1956), de Guimarães Rosa, como “livro de cabeceira”.

COMENTE